.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

História

Região Militar de Moçambique (1971 a 1973)

 

UTW Dos Veteranos da Guerra do Ultramar 250
António Pires, ex-Furriel Mil.º Mecânico Auto da CSM/QG/RMM (Moçambique 1971/1973),

 

Fundador do portal UTW.

 

 

 

 

Antes de iniciar a "Viagem" para Moçambique

 

Santarém:

 

Quando, em Julho de 1970, o autor entrou pela primeira vez no Destacamento Militar da Escola Prática de Cavalaria, em Santarém, onde, presentemente, está instalada a Polícia de Segurança Pública, daquele cidade, ainda tinha uma ténue ideia que no final da especialidade não iria ser "premiado" com a "viagem", mas ela já estava em marcha.

 

 

Os novos "inquilinos" (recrutas) daquele Destacamento iam chegando em grupos de três e quatro, dirigiam-se à Porta de Armas mas, dali eram encaminhados para um enorme portão, existente do lado direito do edifício.

 

No limiar daquele portão, encontrava-se um Furriel Miliciano, o qual com o seu vozeirão, perguntou ao autor: "És Alentejano?". Disse que sim. Tendo de seguida apontado para um grupo e disse: "Junta-te àquele grupo!".

 

A maioria dos elementos que constituíam o grupo eram oriundos do Alentejo, no qual o autor foi encontrar o seu amigo Baraona, companheiro dos bancos de escola - Escola Industrial e Comercial de Montemor-o-Novo.

 

Aquela pergunta, era feita a todos os que passavam o aludido portão.

 

Na altura, o autor não percebeu as razões de tal pergunta, mas no segundo dia de "estadia" naquela Unidade Militar, ficou tudo esclarecido, aquando da apresentação do comandante do pelotão.

 

 

Ficou a pertencer ao 3.º Pelotão do 5.º Esquadrão, comandado pelo [clique no sublinhado que se segue:] Aspirante Luís Miguel da Veiga, um Alentejano! Bastante conhecido por uma grande parte dos portugueses, sobretudo, de todos aqueles que gostam da Festa Brava.

 

Quando dos impedimentos do Aspirante Luís Miguel da Veiga, o pelotão era comandado pelo Furriel Miliciano, aquele que no primeiro dia perguntava a todos os novos recrutas se era alentejano (o autor tem puxado pela massa encefálica, mas não se recorda do nome do Furriel Miliciano).

 

 

A instrução decorreu da melhor forma, na medida em que a óptima camaradagem que se desenvolveu entre todos os elementos do pelotão foi fundamental para se ultrapassar as horas menos boas, sobretudo, naquela noite, em que lhes foi "oferecida", uma visita "guiada" pelos esgotos da cidade de Santarém.

 

Durante a "estadia" naquela UN, o 3.º Pelotão foi "vedeta", por um dia, num filme que a RTP estava a realizar sobre a vida do Cavaleiro Tauromáquico Luís Miguel da Veiga.

 

 

 

 

Há a salientar que, naquela altura, faleceu o Professor Doutor António Oliveira Salazar (27 de Julho de 1970), pelo que houve menos um dia de recruta.

 

Em 17 de Setembro de 1970, ocorreu o Juramento de Bandeira que teve lugar na parada da Escola Prática de Cavalaria, em Santarém.

 

 

 

 

 

 

 

 

Escola Prática de Cavalaria - Santarém - 17Set1970: Juramento de Bandeira

3.º e 4.º Pelotões do 5.º Esquadrão

 

           

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo