.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Livros

TRABALHOS, TEXTOS SOBRE OPERAÇÕES MILITARES ou LIVROS

 

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

José Manuel Pintassilgo

 

O livro:

"Manga de Ronco no Chão"

 

título: "Manga de Ronco no Chão"
autor: José Manuel Pintassilgo

editor: Época
1ªed. Lisboa, Mai72

 

Excertos:

- «Que é este livro?
Este brevíssimo volume representa por si uma novidade.
Nem é mais um livro para as estantes das bibliotecas dos que o leram.
Antes de nós, muitos jornalistas, portugueses e estrangeiros, deslocaram -se à Guiné (Bissau), para ver com os seus próprios olhos aquele teatro-de-operações militares, em que se defrontam numa guerra subversiva os soldados portugueses e os grupos do PAIGC, e a batalha de promoção social ali desencadeada pelas autoridades portuguesas, apoiada por técnicos e auxiliada pelas populações.
A verdade sobre a Guiné-72 é única como é óbvio. Este livro porque segue o ponto de vista português, perfilha essa verdade. É bem diferente da "verdade" alardeada pela Guiné (Conakry) e divulgada pelos serviços da ONU.
Servimos a Verdade.
Foi assim que vimos a Guiné.
Bissau, Abril de 1972
José Manuel Pintasilgo»
(p.7)
 

- «Manga de Ronco no Chão», é a colecção num só volume das crónicas que o jornalista José Manuel Pintassilgo, enviado especial do jornal "Época" à Guiné, aqui recolheu e aquele diário divulgou.
Foi aliás a consideração deste facto que me levou a aceitar o convite para o prefaciar
[...]
A terminar, desejo expressar o meu voto de que as crónicas que se entregam à atenção do leitor, lhe proporcionem uma visão da Guiné do presente e da perspectiva do seu futuro.
Bissau, 4 de Maio de 1972
António de Spínola»
(p.9 e p.10)

- «A Guiné tem, ao lado da sua linguagem tradicional, calões populares, buscados nas línguas nativas.
Um sucesso extraordinário, diz-se que é um "Ronco". Grande quantidade, quase infinita ou de espantar, é "Manga". A terra das várias etnias chama-se "Chão".
Daí intitularmos esta série de reportagens «Manga de Ronco no Chão», o que quer dizer: enorme sucesso em toda a Guiné.
É esta a impressão recolhida por todos quantos visitam a Guiné-72 e não estão coagidos por inconfessáveis compromissos.»

(p.11)
 

 

 General Spinola

General Spinola e Tenente Zacarias Zaeigh
Spínola e o Tenente, mais tarde Capitão, da 1ª Companhia dos Comandos Africanos, Zacarias Saeigh. Fuzilado pelo PAIGC após a Independência

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo