.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Livros

Trabalhos, textos sobre a Guerra do Ultramar ou livros

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

ABalada d Angola autorManuel Acácio

 

Nasceu em 1964 em Évora. Licenciado em Filosofia, é um dos fundadores da TSF-Rádio Notícias, onde desempenha funções de chefe de redacção.

 

 

O livro:

 

"A Balada do Ultramar"

 

 

ABalada d Angola capa

 

título: "A Balada do Ultramar"
autor: Manuel Acácio

editor: Oficina do Livro
1ªed. Alfragide, 04Abr2009
221 págs
23,5x15,5cm
pvp: 14,40 €
dep.leg: PT-289447/09
ISBN: 989-555-441-6

 

Sinopse:
– «Esta é uma obra que nos leva a Angola, a uma época, (diz a sinopse), "ao tempo em que a principal riqueza das famílias era a felicidade que sentiam por viver em África". Trata da história de um homem que em 1951 embarca "num navio com destino a Angola em busca de uma nova oportunidade". Contudo, "estava longe de imaginar o que o futuro lhe reservava. Décadas depois é obrigado a regressar à Metrópole e mais uma vez a vida decide surpreendê-lo. Quando chega, sente o peso da discriminação, sendo apontado por todos como 'retornado'." Apesar de conseguir "ultrapassar todos os ultrajes, há cicatrizes que deixam marcas".»
(in portalivros.wordpress.com)

Recensão
– «Este romance é uma narrativa corajosa, não da sua própria experiência, mas do entendimento que conseguiu perceber do sofrimento atroz que foi para centenas de milhares de portugueses (brancos e também muitos negros), o abandono das terras onde muitos deles já tinham nascido. Alguns foram atirados fora da terra dos seus avós.
Manuel Acácio revela ao longo das 221 páginas do seu "romance" um trabalho sério, honesto e difícil de investigação – que lhe permitiu descrever cenas reais, sobretudo de Angola e de Portugal. O resultado é uma conclusão que eu vejo pela primeira vez escrita, anda por cima em bom português: os portugueses foram expulsos por razões fundamentalmente racistas e recebidos naquela que teoricamente seria a sua terra, por gente que os via como invasores do seu espaço pequenino, miserável, sem qualidade e sem perspectivas.
Neste livro de Acácio, está escrito que também os políticos da época e os que se seguiram, voltaram as costas aos despojados de passado, de presente e sem futuro. Aqui está explicada a razão porque há muita gente a negar que a descolonização portuguesa tenha sido uma operação "exemplar e bem conseguida".
A integração mais ou menos pacífica que os chamados "retornados" conseguiram em terras portuguesas foi obra sua, da sua qualidade humana e também das perspectivas abertas de sociedades mais abertas, mais livres e mais solidárias. Portugal beneficiou imenso com esta injecção especial de gente de qualidade excepcional.»
(Leston Bandeira, 04Abr2009)

 

 ABalada d Angola p15e115

ABalada d Angola p122 123

ABalada d Angola p124e126

ABalada d Angola p134e136

ABalada d Angola p220

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo