Guerra do Ultramar: Angola, Guiné e Moçambique Automobilia Ibérica - Histórico Automóvel Clube de Entre Tejo e Sado (HACETS)

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

 TRABALHOS, TEXTOS SOBRE OPERAÇÕES MILITARES ou LIVROS

 

in: http://www.palimage.pt/livro2.php?livroid=ih21 

 

Luís Vieira da Silva

 

"Angola Terra d'Uanga"

 

Luís Vieira da Silva nasceu em S. Mamede de Infesta no ano de1936. Estudou em Lisboa, foi operário na construção civil e depois numa fábrica de componentes eléctricos.
Entrou para a Força Aérea Portuguesa em 1955, graduou-se como piloto em 1956 e foi colocado na aviação de caça.
Quatro anos mais tarde transitou para os aviões de busca, salvamento e transporte, onde se encontrava quando começou a guerra colonial em 1961. Participou no transporte para Angola dos primeiros militares e aí ficou em missão durante alguns meses.
Em 1962 foi nomeado para uma comissão de serviço em Moçambique no fim da qual saiu da Força Aérea, radicando-se nesse território como piloto de táxis aéreos.
Em 1965 entrou na TAP e em 1969 foi qualificado comandante de avião. Nessa qualidade participou na ponte aérea África – Lisboa entre Agosto e Setembro de 1975, uma das missões que desempenhou ao longo das 20.000 horas voadas em serviço profissional.
Reformou-se em 1996.
Angola Terra d’Uanga é a sua primeira obra literária

Autor: Luís Vieira da Silva
Género: Romance (Guerra Colonial)
ISBN: 972-8575-61-0
Ano: 2004
Páginas: 376
Dimensões: 14.8x21.0cm


Descrição:
Angola Terra d’Uanga é um romance. Trata da época em que os velhos de hoje foram jovens e tinham, como é apanágio da juventude em todos os tempos, os seus próprios sonhos, as suas alegrias, tristezas, realizações, perspectivas e frustrações.
Nessa altura o quotidiano nacional vivia-se sem grandes sobressaltos políticos, era difícil singrar mas lá se ia caminhando através das dificuldades, na eterna luta pela vida.
Até que, no princípio dos anos sessenta o norte de Angola foi atacado e começou a Guerra Colonial. A juventude portuguesa viu-se de repente em armas no meio das matas africanas e não teve mais remédio que lutar, enfrentando situações e problemas para que não estava preparada.
Treze anos depois o “Estado Novo” caiu e todos os sonhos pareciam possíveis, mas o processo entrou em derrapagem e cedo começou a tragédia; em Angola desenvolveu-se um clima de guerra civil e a tropa portuguesa baixou os braços, fugindo ao confronto, enquanto negava aos civis, principalmente os brancos, qualquer direito de se defenderem… Foi o êxodo!
Em Agosto e Setembro de 1975, uma ponte aérea entre Angola e Lisboa arrancou mais de meio milhão de pessoas à fome, à miséria e à morte.
Angola Terra d’Uanga é a crónica de três homens que seguiram caminhos diferentes para, no fim, se encontrarem a bordo dum voo de regresso da ponte aérea.

 

Contactos:

Palimage Editores
Apartado 3105
3511-907 VISEU
palimage@palimage.pt
Telefones: 232 432 244; 93 332 08 36
Faxe: 232 432 247

PALIMAGE - DISTRIBUIÇÃO
Rua Conde D. Henrique, 18, 1.º Esq. Fte.
4715-349 BRAGA
Telefone e Fax: 253 25 83 84
distribuicao@palimage.pt

 

Voltar ao topo