.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

10 de Julho de 1968: Tombam em combate três Pára-Quedistas, em Angola

 

 

HONRA E GLÓRIA

Elementos extraídos do facebook do sítio do

veterano Isidro Moreira Esteves

 

 

 

João Luís Barata

 

Furriel Pára-Quedista, titular do brevet n.º 2255

 

Moçambique:

 

Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 31

«HONRA-SE A PÁTRIA DE TAL GENTE»

Março de 1965 a Julho de 1966

 

Angola, agregado à:

 

3.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas

Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21

«GENTE OUSADA MAIS QUE QUANTAS»

 

Cruz de Guerra de 1.ª classe

(Título póstumo)

 

João Luís Barata, Furriel Pára-Quedista, titular do brevet n.º 2255, nascido no dia 7 de Julho de 1943, na freguesia de Sobral do Campo, concelho e distrito de Castelo Branco.


Incorporado em 14 de Outubro de 1963, no Regimento de Caçadores Pára-Quedistas (RCP – Tancos).


Terminou a Escola de Recrutas em Fevereiro de 1964.


Concluiu o 24.º Curso de Pára-Quedismo no dia 25 de Março de 1964 e o Curso de Formação de Primeiros Cabos Enfermeiros no dia 19 de Dezembro de 1964.


Mobilizado para servir Portugal na Província Ultramarina de Moçambique integrado o Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 31 (BCP31) «HONRA-SE A PÁTRIA DE TAL GENTE», no período de Março de 1965 a Julho de 1966.


Em 6 de Março de 1967 é promovido a Furriel Pára-Quedista.


Mobilizado novamente – 2.ª comissão de serviço – para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, onde chegou no dia 7 de Junho de 1967 e ficou integrado na 1.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas (1ªCCP) «IRMÃOS DE MARTE», mas agregado à 3.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas (3ªCCP) do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP21) «GENTE OUSADA MAIS QUE QUANTAS».


Faleceu, no dia 10 de Julho de 1968, na região norte de Angola, rio Zenza, zona do Bom Jesus, vítima de ferimentos em combate (
nota).


Tinha 25 anos de idade.


Está inumado no cemitério da freguesia de Sobral do Campo, concelho e distrito de Castelo Branco.

 

 

A sua Alma repousa em Paz


Louvado e condecorado pelo Secretário de Estado da Aeronáutica (SEA), a título póstumo, com a Medalha da Cruz de Guerra de 1.ª classe (Portaria de 16 de Setembro de 1968 e Ordem à Aeronáutica n.º 27, 3.ª série, de 30 de Setembro de 1968)


(
nota):
Naquele fatídico dia – 10 de Julho de 1968 – e no mesmo local, faleceram os seguintes militares portugueses:


João Caria Ramos, Furriel Pára-Quedista, e


Luís Ferreira Salgado, Soldado Pára-Quedista

 

----------------------------------

 

Cruz de Guerra de 1.ª classe

(Título póstumo)

 

 

FURRIEL PÁRA-QUEDISTA
JOÃO LUÍS BARATA


ORDEM À AERONÁUTICA N.º 27

3.ª Série de 30 de Setembro de 1968


Considerando como dado elo Secretário de Estado da Aeronáutica (SEA), o louvor concedido ao Furriel Pára-Quedista João Luís Barata, a título póstumo, ao tempo do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP 21), porque, entendendo que, como conhecedor da zona de acção, a sua contribuição poderia ser de muita valia, se ofereceu para uma missão de combate tendo posto no seu cumprimento o máximo do seu saber e iniciativa, dando provas de serena coragem e agressividade que foram reconhecidas como de alto valor no decorrer da missão.


As suas qualidade de chefia, já por várias vezes postas em evidência noutras missões, aliadas a uma resistência física e moral e a uma energia e técnica admiráveis, creditaram-no como elemento especialmente dotado para o combate de guerrilhas.


Militar entusiasta, conjugava abnegadamente, debaixo de fogo, as missões de comandante de secção às de enfermeiro competente e dedicado.


Ferido mortalmente na missão para que se oferecera, o Furriel Pára-Quedista Barata, pelo seu comportamento, constitui um expressivo exemplo das virtudes militares.


POR PORTARIA DE 16 DE SETEMBRO DE 1968


Condecorado a título póstumo, com a Medalha Militar da Cruz de Guerra de 1.ª classe, o Furriel Pára-Quedista João Luís Barata, ao tempo do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP21), por ter sido considerado nas condições expressas nos artigos 9.º e 10.º e seus parágrafos 1.º, 2.º e 4.º do Regulamento da Medalha Militar, aprovado pelo Decreto n.º 35 667, de 28 de Maio de 1946.

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo