.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

António da Piedade Lopes, Soldado de Infantaria - Cruz de Guerra, de 4.ª classe, do PelMort1063

 

HONRA E GLÓRIA

Fontes:

5.º Volume, Tomo V, pág.190, da RHMCA / CECA / EME

Jornal do Exército, ed. 112, Abr1969, pág.23

Outros elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

 

António da Piedade Lopes

 

Soldado de Infantaria, n.º 05778064

 

Pelotão de Morteiros 1063

 

Angola: Jan1966 a Fev1968

 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

 

António da Piedade Lopes, Soldado de Infantaria, n.º 05778064, com a especialidade de Apontador de Morteiros Médios, natural da freguesia de Alcanede, concelho de Santarém.

 

- em 18 de Janeiro de 1966, tendo sido mobilizado pelo Batalhão de Caçadores 5 (BC5-Campolide) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarcou em Lisboa no NTT 'Império', integrado no Pelotão de Morteiros 1063 (PelMort1063) sob comando do alferes miliciano de infantaria José de Matos Júnior;

- em 28 de Janeiro de 1966 desembarcou em Luanda, seguindo para São Salvador do Congo;

- em Janeiro de 1967 mudou para Cuimba;

- em 10 de Fevereiro de 1968 iniciou em Luanda a torna-viagem a bordo do NTT 'Uíge', desembarcando em Lisboa no dia 26 de Fevereiro de 1968.

- em 22 de Abril de 1968 agraciado com a Cruz de Guerra de 4ª classe, por distintos feitos em combate na área fronteiriça do norte de Angola:

 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

 

Soldado de Infantaria, n.º 05778064
ANTÓNIO DA PIEDADE LOPES
 

PelMort 1063 — BC 5
ANGOLA
 

4.ª CLASSE
 

Transcrição do Despacho publicado na OE n.º 15 — 3.ª série, de 1968.
 

Agraciado com a Cruz de Guerra de 4.ª classe, nos termos do artigo 12.º do Regulamento da Medalha Militar, promulgado pelo Decreto n.º 35 667, de 28 de Maio de 1946, por despacho do Comandante-Chefe das Forças Armadas de Angola, de 22 de Abril de 1968:


O Soldado n.º 05778064, António da Piedade Lopes, do Pelotão de Morteiros n.º 1063 - Batalhão de Caçadores n.º 5.


Transcrição do louvor que originou a condecoração.
(Publicado na OS n.º 94, de 24 de Novembro de 1967, do QG/RMA):


Louvado o Soldado n.º 05778064, António da Piedade Lopes, do PelMort 1063 — BC 5, porque, fazendo parte duma coluna emboscada pelo In e tendo saltado da viatura e iniciado a reacção, foi logo ferido por um estilhaço e a sua arma atingida tendo ficado inoperativa. Apesar disso, passou de imediato a fazer fogo com o morteiro. Apercebendo-se então de que o seu Comandante de Pelotão [alferes miliciano de infantaria José de Matos Júnior] estava prostrado e imobilizado sem dar acordo de si, no solo, em consequência do salto da viatura, com extrema coragem e desprezo total pelo perigo, deslocou-se para junto dele, arrastando-o para a berma da estrada e abrigou-o.

 

 - a acção reporta-se ao domingo 16 de Abril de 1967, quando no itinerário Cuímba-Buela e ½ hora após saída do aquartelamento, uma coluna-auto da CCac1609 foi emboscada por bando da FNLA que causou às NT seis mortos e vários feridos (graves e ligeiros).


Depois e sempre sob o fogo do In, deslocou-se mais uma vez para ir buscar a arma do referido oficial e voltou a seguir para junto do morteiro onde continuou a fazer fogo, demonstrando sempre e em todas as suas acções, grande serenidade e energia debaixo de fogo e extrema coragem.


Com a sua actuação, o Soldado Piedade Lopes revelou-se um bravo e abnegado combatente que prestigiou altamente a sua Unidade e o Exército a que pertence, dignificando-se e aos seus camaradas de armas frente ao inimigo.

 

----------------------------------------------------------------

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo