.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

Augusto de Magalhães, Soldado Pára-Quedista, n.º 199/66: Cruz de Guerra de 3.ª classe

 

  "Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

 

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

HONRA E GLÓRIA

Fonte

Elementos extraídos do facebook do sítio do

veterano Isidro Moreira Esteves

 

Augusto de Magalhães

 

Soldado Pára-Quedista, n.º 199/66

 

Titular do brevet n.º 4704

 

3.ª Secção do 4.º Pelotão

 

2.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas

 

Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21

 

«GENTE OUSADA MAIS QUE QUANTAS»

 

Cruz de Guerra de 3.ª classe

(título póstumo)

 

 

Augusto de Magalhães, Soldado Pára-Quedista, n.º 199/66, titular do brevet n.º 4704, nascido no dia 24 de Abril de 1948, na freguesia de Salvador, concelho de Ribeira de Pena, distrito de Vila Real;

 


Incorporado no dia 3 de Junho de 1966, como voluntário, no Regimento de Caçadores Pára-Quedistas (RCP - Tancos);


No dia 3 de Fevereiro de 1967 concluiu o 39.º Curso de Pára-Quedismo;


Em Maio de 1967 concluiu o Curso de Combate;


Mobilizado para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, onde chegou no dia 17 de Junho de 1967 e ficou integrado na 3.ª Sessão, do 4.º Pelotão, da 2.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas (2ªCCP) do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP21) «GENTE OUSADA MAIS QUE QUANTAS»;


Conhecido pelos seus camaradas-de-armas como o "Puto Reguila";


Faleceu no dia 11 de Junho de 1969, às 19H00, em Chiume, na Zona de Intervenção Leste (ZIL), vítima de ferimentos em combate, a seis dias do términos da sua comissão de serviço;


Tinha 21 anos de idade;


Está inumado no cemitério do Alto de São João, em Lisboa.


Louvado e condecorado, a título póstumo, pelo Secretário de Estado da Aeronáutica (SEA), com a Medalha da Cruz de Guerra de 3.ª classe, por Portaria de 19 de Janeiro de 1970 e publicado na Ordem à Aeronáutica, n.º 5 - 3.ª série, de 20 de Fevereiro de 1970.
 

A sua Alma repousa em Paz

 

Cruz de Guerra de 3.ª classe

(título póstumo)

 

 

Soldado Pára-Quedista
Augusto de Magalhães
 

2ªCCP/BCP21
Angola
 

3.ª classe (título póstumo)


Por Portaria de 19 de Janeiro de 1970


Condecorado com a Medalha da Cruz de Guerra de 3.ª classe, a título póstumo, o Soldado Pára-Quedista 199/66, Augusto de Magalhães, ao tempo do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP21), por ter sido considerado nas condições expressas nos artigos 9.º e 10.º e seus §§ 1.º e 4.º do Regulamento da Medalha Militar, aprovado pelo Decreto n,º 35667, de 29 de Maio de 1946.

 

Publicado na Ordem à Aeronáutica n.º 5 - 3.ª série, de 20 de Fevereiro de 1970.


«Considerado como dado pelo Secretário de Estado da Aeronáutica (SEA), a título póstumo, por proposta do Comandante da 2.ª Região Militar, o louvor concedido ao Soldado Pára-quedista 199/66 Augusto de Magalhães, porque servindo há cerca de dois anos no Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21 (BCP21), demonstrou excepcionais qualidades de combatente, ocupando sempre, em todas as missões de combate, os lugares de maior risco.

 

De salientar a maneira enérgica e decidida como, no decorrer de recente missão operacional, ripostou ao fogo desencadeado pelo inimigo que, em resultado da sua actuação, plena de ímpeto e agressividade se pôs em debandada.

 

O seu comportamento nesta operação em que, atingido gravemente viria a perder a vida, confirmou-o como um exemplo magnífico que muito honra as melhores tradições das armas portuguesas.»
 

 

 

     
 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo