.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

Bubacar Só, Soldado de Infantaria, da PelCacNat61/CTIG: Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

  "Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

 

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

HONRA E GLÓRIA

Fontes:

5.º Volume, Tomo VI, pág. 459, da RHMCA / CECA / EME

Jornal do Exército, ed. 140, pág. 44, de Agosto de 1971

 

 

Bubacar Só

 

Soldado de Cavalaria, n.º 82048967

 

Pelotão de Caçadores Nativos 61

 

Comando Territorial Independente da Guiné

 

«CORAGEM E LEALDADE»

 

Companhia de Caçadores 2589

 

Batalhão de Caçadores 2885

 

«NÓS SOMOS CAPAZES»

 

Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

Prémio Governador da Guiné

 

 

Bubacar Só, Soldado de Infantaria, n.º 82048967, natural da freguesia e concelho de Mansoa, da Província Ultramarina da Guiné.


Mobilizado pelo Comando Territorial Independente da Guiné para servir Portugal naquela Província Ultramarina integrado no Pelotão de Caçadores Nativos 61 (PelCacNat61) adstrito à Companhia de Caçadores 2589 (CCac2589) do Batalhão de Caçadores 2885 (BCac2885) «NÓS SOMOS CAPAZES».


Agraciado com a Medalha da Cruz da Guerra de 4.ª classe, publicado na Ordem de Serviço n.º 11, de 18 de Março de 1971, do Quartel General do Comando Territorial Independente da Guiné, e na Ordem do Exército n.º 12 - 3.ª série, de 1971.

 

Distinguido com o Prémio Governador da Guiné, publicado no Jornal do Exército, edição 140, página 44, de Agosto de 1971
 

Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

 

Soldado de Infantaria, n.º 82048967
BUBACAR SÓ

 

PelCac61/CCac2589 - CTIG
GUINÉ
 

4.ª CLASSE


Transcrição do Despacho publicado na Ordem do Exército n.º 12 - 3.ª série, de 1971.


Agraciado com a Cruz de Guerra de 4.ª classe, nos termos do artigo 12.º do Regulamento da Medalha Militar, promulgado pelo Decreto n.º 35 667, de 28 de Maio de 1946, por despacho do Comandante-Chefe das Forças Armadas da Guiné, de 23 de Fevereiro último, o Soldado n.º 82048967, Bubacar Só, do Pelotão de Caçadores Nativos 61, integrado na Companhia de Caçadores n.º 2589 - Comando Territorial Independente da Guiné.


Transcrição do louvor que originou a condecoração.


(Publicado na Ordem de serviço n.º 11, de 18 de Março de 1971, do Quartel General do Comando territorial Independente da Guiné (QG/CTIG):


Que, por despacho de 8 de Março de 1971, o Brigadeiro Comandante Militar louvou o Soldado n.º 82048967, Bubacar Só, do Pelotão de Caçadores Nativos 61, integrado na Companhia de Caçadores n.º 2589, pelas extraordinárias qualidades de coragem, sangue-frio, serenidade debaixo de fogo e agressividade, evidenciadas em combate, no Teatro de Operações da Guiné.
Salienta-se a sua actuação durante uma flagelação ao Destacamento de Braia em que, não obstante a surpresa do ataque, reagiu imediatamente, pegando no morteiro 60 e, apesar de não ser apontador da referida arma, começou a fazer fogo a peito descoberto, galvanizando os restantes camaradas e obrigando o inimigo a bater em retirada.


Noutra circunstância, quando de uma acção levada a efeito no dia 1 de Abril de 1970, tendo sofrido as nossas tropas quatro emboscadas, logo nos primeiros contactos em terreno pouco favorável e em campo aberto, demonstrando possuir uma visão clara dos acontecimentos e verificando que a incidência de fogo inimigo convergia para a frente, não hesitou em deslocar-se para lá, a peito descoberto, ocupando uma posição que lhe permitiu auxiliar os camaradas, contribuindo eficazmente com tiro ajustado e oportuno para a retirada do inimigo.


Por tudo isto, é o Soldado Bubacar Só exemplo vivo de militar que muito honra e dignifica a Arma e o Exército que tão abnegadamente serve.
 

------------------------------------------------------------------

 

Jornal do Exército, ed. 140, pág. 44, de Agosto de 1971

 

Prémio Governador da Guiné

 

SOLDADO DE INFANTARIA BUBACAR SÓ
MEDALHA DA CRUZ DE GUERRA DE 4.ª CLASSE

Louvado por Sua Ex.ª o Brigadeiro Comandante Militar «
pelas extraordinárias qualidades de coragem, sangue-frio, serenidade debaixo de fogo e agressividade evidenciadas em combate.


Salienta-se a sua actuação durante uma flagelação a um Destacamento em que, não obstante a surpresa do ataque, reagiu imediatamente pegando no morteiro e, apesar de não ser apontador da referida arma, começou a fazer fogo a peito descoberto, galvanizando os restantes camaradas e obrigando o inimigo a bater em retirada.


Noutra circunstância, quando de uma acção levada a efeito, tendo sofrido as nossas tropas quatro emboscadas, logo nos primeiros contactos, em terreno pouco favorável e em campo aberto, demonstrando possuir uma visão clara dos acontecimentos e verificando que a incidência de fogo inimigo convergia para a frente, não hesitou em deslocar-se para lá a peito descoberto, ocupando uma posição que lhe permitiu auxiliar os camaradas, contribuindo eficazmente com tiro ajustado e oportuno para a retirada do inimigo.


Por tudo isto, é o soldado BUBACAR SÓ exemplo vivo de militar que muito honra e dignifica a Arma e o Exército que tão abnegadamente serve.
»


 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo