.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTW

Guiné

GUINÉ - Militares que se distinguiram na Guerra do Ultramar

 

HONRA E GLÓRIA

Elementos cedidos por um

colaborador do portal UTW

Tenente-Coronel 'Comando' Marcelino da Mata

O militar mais condecorado de toda a história das Forças Armadas Portuguesas

Uma "Torre e Espada" e cinco "Cruzes de Guerra"

Cruz de Guerra Cruz de Guerra Torre e Espada Cruz de Guerra Cruz de Guerra Cruz de Guerra
2.ª classe 1.ª Classe Cavaleiro 1.ª classe 1.ª classe 3.ª classe
1966 1967 1969 1971 1973 1973

 

"É guineense, de etnia papel. Fez parte do Batalhão de Comandos, constituído apenas por naturais da Guiné. Começou como soldado e, ao longo dos anos em que participou em 2412 operações de grande violência, nunca deixou de ser promovido, sempre por distinção e feitos em combate. Tem uma Torre e Espada e é o oficial com mais Cruzes de Guerra: cinco."

in "Memórias de Guerra" do jornal Correio da Manhã, de 06JUN2007

Marcelino da Mata

imagem enviada por

um colaborador do UTW

Marcelino da Mata

imagem enviada pelo ex-Furriel Mil.º J. Antero Ferreira e por Manuel Silva

 

 

Joaquim Spínola e Marcelino da Mata

Foto tirada no Batalhão de Comandos em Brá - Bissau, durante as comemorações 10 de Junho de 1972, dia de Portugal.

Foto de Joaquim Spínola 

 

 

Caboiana > Churo (noroeste da Guiné) - 27Fev72, final da Operação Jamanta V (com a 35ªCCmds):
O alferes 'comando' Marcelino da Mata, ao centro com 'panamá' claro, de óculos e com uma AK-47 nas "unhas"; (note-se à esq. em baixo, a especial bota "de combate" usada por um dos operacionais daquele grupo)

Equipa do Marcelino da Mata, Teixeira Pinto, Fevereiro 1972,

Foto de Joaquim Spínola

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo