.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Nota de óbito

Coronel de Cavalaria António Octávio Dias Machado

 

HONRA E GLÓRIA

 

Nota de óbito

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

 

Faleceu, no dia 7 de Fevereiro de 1993, em Paço de Arcos, o veterano

 

António Octávio Dias Machado

 

31Out1921 > 07Fev1993

 

Coronel de Cavalaria, na situação de reforma

 

Batalhão de Cavalaria 745 (Angola)

 

Batalhão de Cavalaria 2848 (Moçambique)

 

Comando de Agrupamento 15 (Angola)

 

Comando de Agrupamento 3951 (Angola)

 

2 Medalhas de Mérito Militar, de 2.ª classe e Medalha da Ordem de Avis, grau Cavaleiro

 

António Octávio Dias Machado, Coronel de Cavalaria, na situação de reforma, nasceu no dia 31 de Outubro de 1921, em Benguela, filho de Berta Fernandes Dias Cunha Machado e de Augusto Cunha Machado.


- em 03Jan1961, capitão de cavalaria em comissão civil no Ministério do Ultramar, nomeado adido ao Quartel-General da Região Militar de Moçambique, em Lourenço Marques;


- em 17Fev1964 promovido a major;


- em 12Mar1964 embarca de regresso à Metrópole;


- em 14Abr1964 colocado no RC3-Estremoz;


- em 09Jan1965, tendo sido mobilizado pelo RC3 para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca em Lisboa no NTT 'Vera Cruz' rumo a Luanda, como 2º comandante do BCav745;


- em 28Fev1967 regressa à Metrópole;


- em 13Mai1967 agraciado com a Medalha de Mérito Militar de 2ª classe;


- em 29Jul1967 conclui no IAEM-Pedrouços o curso de promoção a oficial superior, ficando colocado naquele instituto como adjunto da 3ª secção da repartição técnica;


- em 24Abr1968, tendo sido mobilizado pelo RC3 para servir Portugal na Província Ultramarina de Moçambique, embarca em Lisboa no NTT 'Vera Cruz' rumo a Mocímboa da Praia, como 2º comandante do BCav2848;


- em 06Nov1969 promovido a tenente-coronel comandante do Batalhão;


- em 12Mai1970 agraciado com uma segunda Medalha de Mérito Militar de 2ª classe, em consequência de ter sido louvado...

 


- ... «Pela maneira muito interessada e dedicada como desempenhou as funções de 2º comandante do Batalhão de Cavalaria nº 2848, onde, como sempre, teve oportunidade de pôr à prova as suas qualidades de carácter, lealdade e decisão, que, ligadas ao espírito de bem servir e ao seu completo devotamento à missão de oficial, o tornaram precioso colaborador do seu comandante, quer no apoio incondicional e até entusiástico dado à iniciativas daquele, sem deixar de, em tempo oportuno, marcar a sua personalidade e independência e dar a sua sensata e ponderada opinião e pontos de vista, quer apresentando ideias e iniciativas próprias, sempre de reconhecido mérito e projecção, tudo dentro da sua constante preocupação de concorrer para o maior prestígio e valorização das instituições militares, que vive e procura servir com extraordinário idealismo.


Pôde, ainda, pelo contacto que constantemente procurou manter com as subunidades do Batalhão, acompanhar as suas actividades, concorrendo assim, pela sua orientação, experiência e interesse pelo bem-estar do pessoal, para que lhe fosse proporcionada, dentro dos meios possíveis, uma melhoria das suas condições de vida e instalação.


Como oficial de acção psicológica do Batalhão, realizou notável acção junto das populações, merecendo-lhe especial atenção a juventude, entre a qual realizou notável trabalho de educação e promoção social. Aproveitando a sua capacidade criadora e sentimento artístico, deu relevo de muito vulto aos trabalhos literários e artísticos elaborados na unidade, tendo em vista a elucidação e educação das populações, trabalhos que mereceram sempre as mais elogiosas referências e foram de indiscutível proveito.


Esplêndido camarada, leal e esclarecido, procurando evitar problemas, antes sempre pronto a solucionar, dentro da disciplina e correcção que se impõe, quaisquer diferendos, e contribuindo ainda pela sua boa disposição e jovialidade para o elevado moral do Batalhão, soube impôr-se e tirar proveito do seu poder de contacto com subordinados, o que também concorreu para manter o pessoal sempre bem mentalizado e adaptado ao esforço que sucessivamente lhe foi exigido.


Por todo este conjunto de qualidades, os serviços do major António Octávio Dias Machado prestados à Região Militar de Moçambique e ao Exército, devem ser considerados de muito mérito.
»

- em 24Jun1970 regressa à Metrópole;


- em 13Jan1971 transferido do RC3, para a chefia da Repartição de Sargentos e Praças da Direcção do Serviço de Pessoal do Estado-Maior do Exército;


- em 15Jun1971 agraciado com o grau de Cavaleiro da Ordem Militar de Avis;


- em 04Nov1971, tendo sido nomeado, por imposição, para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca em Lisboa rumo a Luanda, a fim de assumir a chefia do estado-maior do CmdAgr15, instalado em Cabinda;


- em Jul1972 (?), transferido para a chefia do estado-maior do CmdAgr3951, instalado em Silva Porto;


- em 28Mar1973 regressa à Metrópole;


- «aderiu ao 25 de Abril, integrou a ala esquerda do MFA e fez parte da 5ª Divisão» (cfr info recolhida na internet);


- em 01Dez1974, encontrando-se colocado no Colégio Militar, promovido a coronel.
 

Paz à sua Alma.

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo