.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

João Manuel Taxa da Silva Araújo, Coronel de Cavalaria, na situação de reforma

 

HONRA E GLÓRIA

e

nota de óbito

Informação da notícia do óbito de Pedro Castanheira

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

 

Faleceu, no dia 21 de Março de 2020, o veterano

 

 

João Manuel Taxa da Silva Araújo

 

Coronel de Cavalaria na situação de reforma

 

Comando Territorial Independente da Guiné

 

 

Região Militar de Angola

Comandante da

Companhia de Cavalaria 2692 do Batalhão de Cavalaria 2909

 

 

 

Região Militar de Angola

Oficial de Informações e Operações do

Batalhão de Cavalaria 8324/73

 

"Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"
 

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

 

Cruz de Guerra de 3.ª classe

 

Medalha de Mérito Militar de 3.ª classe

 

 

João Manuel Taxa da Silva Araújo, Coronel de Cavalaria na situação de reforma.


Natural de Vila Praia de Âncora.


- em 21 de Março de 1966 cadete-aluno da Academia Militar, promovido a aspirante-a-oficial de cavalaria (n/m 38221862);


- em 28 de Janeiro de 1967, promovido a alferes e tendo sido mobilizado pelo Regimento de Cavalaria 7 (RC7-Ajuda) para servir Portugal na Província Ultramarina da Guiné, embarca em Lisboa rumo ao porto de Bissau;


- em 15 de Janeiro de 1968 promovido a tenente (com antiguidade a 1 de Dezembro de 1968);


- em 18 de Janeiro de 1968 regressa à Metrópole, ficando colocado na Escola Prática de Cavalaria (EPC - Santarém);


- em 28 de Agosto de 1969 promovido a capitão;


- em 1969 frequenta na Escola Prática de Cavalaria (EPC - Santarém) o curso de polícia militar;


- em 11 de Abril de 1970, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Cavalaria 3 (RC3 - Estremoz) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca em Lisboa no NTT 'Niassa' rumo ao porto de Luanda, como comandante da Companhia de Cavalaria 2692 (CCav2692) do Batalhão de Cavalaria 2909 (BCav2909).


- em 7 de Junho de 1972 regressa à Metrópole e à Escola Prática de Cavalaria (EPC - Santarém);


- em 22 de Setembro de 1972 agraciado com a Cruz de Guerra de 3ª classe, por feitos em combate;

 

Capitão de Cavalaria
JOÃO MANUEL TAXA DA SILVA ARAÚJO

 

CCav2692/BCav2909 - RC3
ANGOLA
 

3.ª CLASSE


Transcrição do Despacho publicado na OE n.º 5 - 2.ª série, de 1974.


Agraciado, com a Cruz de Guerra de 3.ª classe, fios termos do artigo 20.º do Regulamento da Medalha Militar, promulgado pelo Decreto n.º 566/71, de 20 de Dezembro de 1971, por despacho do Comandante-Chefe das Forças Armadas de Angola, de 22 de Setembro de 1972, o Capitão de Cavalaria, João Manuel Taxa da Silva Araújo, da Companhia de Cavalaria n.º 2692 da Batalhão de Cavalaria n.º 2909 — Regimento de Cavalaria n.º 3.


Transcrição do louvor que originou a condecoração.
(Publicado nas OS n.º 50, de 25 de Setembro de 1972, do CCFAA e n.º 97, de 02 de Dezembro do mesmo ano, do QG/RMA):


Louvado o Capitão de Cavalaria, João Manuel Taxa da Silva Araújo, da Companhia de Cavalaria 2692 do Batalhão de Cavalaria 2909 - RC3, pela maneira dinâmica, inteligente e humana como comandou a sua Sub-Unidade.


Dotado de excelente vigor físico, coragem e decisão, revelou qualidades de chefia que o tornam apto para a contra-guerrilha, já que facilmente se adapta e reage às situações que se lhe deparam por mais inesperadas que sejam.


Na fase inicial da sua comissão, actuando em área de influência do MPLA, desenvolveu notável actividade, que se traduziu por elevado número de baixas causadas ao inimigo, captura de armamento e recuperação de populações, sem descurar a melhoria das instalações e a manutenção de material, mantendo ainda a sua Subunidade em bom nível de disciplina.


Posteriormente, em missão de intervenção, rapidamente adaptou a sua Subunidade às missões que lhe foram atribuídas, mantendo a mesma eficiência já anteriormente demonstrada.


Pela sua coragem, decisão e serena energia debaixo de fogo, sempre reveladas, bem merece o Capitão Araújo que os serviços por si prestados sejam devidamente realçados por público louvor.
 

- em 14 de Julho de 1973 agraciado com a Medalha de Mérito Militar de 3ª classe;

 

 

- de 10 a 15 de Setembro de 1973 frequenta o estágio de observação aérea e PCV;


- em 18 de Fevereiro de 1974, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Cavalaria 3 (RC3 - Estremoz) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca em Lisboa no Aeródromo Base n.º 1 (AB1 - Figo Maduro) em vôo TAM-Boeing 707 com destino à Base Aérea n.º 9 (BA9 - Luanda), como oficial de informações e operações do Batalhão de Cavalaria 8324/73 (BCav8324/73).


- em 31 de Maio de 1975 regressa definitivamente à Metrópole, ficando colocado na Escola Prática de Cavalaria (EPC - Santarém).


Faleceu a meio da manhã do dia 21 de Março de 2020, nas imediações da sua residência em Santarém, acometido por doença súbita.


Tinha 74 anos de idade.


Era coronel de cavalaria na situação de reforma.


Paz à sua Alma.

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo