.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Falecimentos

João Manuel de Magalhães Melo Mexia Leitão, Tenente-Coronel de Artilharia

 

Nota de óbito

Elementos cedidos por um

colaborador do portal UTW

 

Faleceu, no dia 23 de Fevereiro de 2015, em Cascais, o veterano

 

João Manuel de Magalhães Melo Mexia Leitão

 

Tenente-Coronel de Artilharia na situação de reforma
 

Comando de Agrupamento 4

 

Comando de Agrupamento 7

 

Oficial de Informações e Operações do Batalhão de Artilharia 1853

 

Comandante da Companhia de Artilharia 3332

 

2.º Comandante do Grupo de Artilharia 7 do CTIG

 

João Manuel de Magalhães Melo Mexia Leitão, Tenente-Coronel de Artilharia na situação de reforma, n.º 50040711.


Nascido a 13 de Janeiro de 1931.


Em 1960, tenente de artilharia (n/m 50040711), nomeado para o curso de promoção a capitão.


Em 30 de Junho de 1961 promovido a capitão e colocado no Regimento de Artilharia Antiaérea Fixa (RAAF – Queluz);


Em 14 de Dezembro de 1961, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Artilharia Ligeira 1 (RAL1 – Sacavém) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca no aeroporto de Lisboa rumo ao aeroporto de Luanda, a fim de ser integrado no Comando de Agrupamento 4 (CmdAgr4) destinado a Ambrizete;


Em 8 de Janeiro de 1963 transferido para o Comando de Agrupamento 7 (CmdAgr7);


Em 2 de Dezembro de 1963 regressa à Metrópole e fica colocado no Centro de Instrução de Artilharia Antiaérea de Cascais (CIAAC – Cascais);


De 15 de Fevereiro a 20 de Março de 1965 frequenta no Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOE – Lamego) o estágio E1 de contra-insurreição;


Em 21 de Agosto de 1965, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Artilharia Ligeira 1 (RAL1 – Sacavém) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarca em Lisboa no NTT 'Vera Cruz' rumo ao porto de Luanda, como oficial de informações e operações do Batalhão de Artilharia 1853 (BArt1853), destinado à Damba;


Em 12 de Setembro de 1967 inicia no porto de Luanda a torna-viagem;


Em 10 de Fevereiro de 1968 colocado, a seu pedido, no Centro de Instrução de Artilharia Antiaérea de Cascais (CIAAC – Cascais);


Em 14 de Dezembro de 1970, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Artilharia Pesada 2 (RAP2 – Vila Nova de Gaia) para servir Portugal na Província Ultramarina da Guiné, embarca em Lisboa no NTT 'Uíge' rumo ao porto de Bissau, como comandante da Companhia de Artilharia 3332 (CArt3332);


Em 27 de Março de 1971 transferido para o Grupo de Artilharia 7 do Comando Territorial Independente da Guiné (GA7/CTIG), onde assume funções como 2º comandante;


Em 20 de Fevereiro de 1972 promovido a major (com antiguidade a 18 de Julho de 1970);


Em 1 de Março de 1973 regressa à Metrópole e fica colocado no Depósito Geral de Adidos (DGA – Ajuda);


Em 15 de Maio de 1973 nomeado professor do 4º grupo de disciplinas do Instituto Militar dos Pupilos do Exército;


Em 21 de Setembro de 1974 nomeado professor do 5º grupo de disciplinas do Instituto Militar dos Pupilos do Exército.


Faleceu no dia 23 de Fevereiro de 2015 em Cascais, como tenente-coronel na situação de reforma.


Paz à sua Alma.

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo