.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

Manuel Bernardino da Silva Mendes, Mar. FzE, n.º 1334/67, do DFE5: Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

"Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

 

HONRA E GLÓRIA

Fonte:

Revista da Armada, ed. 31, de Abr1974

 

 

 

Manuel Bernardino da Silva Mendes

 

Marinheiro Fuzileiro Especial, n.º 1334/67

 

Destacamento de Fuzileiros Especiais n.º 5

 

Comando Naval de Moçambique

 

 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

Manuel Bernardino da Silva Mendes, Marinheiro Fuzileiro Especial, n.º 1334/67, natural da freguesia de Abade de Neiva, concelho de Barcelos, distrito de Braga.

 

Mobilizado para servir Portugal na Província Ultramarina de Moçambique, desde 1 de Março de 1969 a 10 de Fevereiro de 1975, como 1.º Grumete Fuzileiro Especial integrado no Destacamento de Fuzileiros Especiais n.º 5.

 

Em 1971 promovido por distinção ao posto de Marinheiro e agraciado com a Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

 

 Manuel Bernardino da Silva Mendes

Marinheiro Fuzileiro Especial
 

O sangue frio, decisão e coragem que o marinheiro fuzileiro especial 1334/67 MANUEL BERNARDINO DA SILVA MENDES mais uma vez demonstrou frente ao inimigo, no decurso de uma operação realizada em Moçambique, fizeram-no merecedor da medalha da Cruz de Guerra de 4.ª classe que justamente lhe foi atribuída.


Participando esta praça, que já em outras ocasiões se havia distinguido, no assalto a um grupo de palhotas ocupadas por inimigos, viu-se subitamente atacado por um destes elementos que empunhava uma arma; a sua metralhadora ligeira tinha montada uma granada defensiva mas, a presença próxima de camaradas seus, impedia-o de a utilizar; sem hesitação, disparou sem retirar a cavilha e a granada, caindo aos pés do adversário, pô-lo em fuga.


Seguidamente foi no encalço de outro inimigo que tinha visto esconder-se no mato; embora alvejado com uma rajada, continuou a perseguição e conseguiu finalizar o duelo atingindo o seu adversário que caiu no rio, desaparecendo.


N. R.: O marinheiro MENDES é natural de Abade de Neiva, concelho de Barcelos, distrito de Braga.
 

 

 


 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo