.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

Manuel Bernardino da Silva Mendes, Mar. FzE, n.º 1334/67, do DFE5: Cruz de Guerra de 4.ª classe

 

"Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

 

HONRA E GLÓRIA

Fonte:

Revista da Armada, ed. 15, pág. 6, de Dez1972

Diário de Lisboa, ed. 18121, pág. 16, de 05Jun1973

 

 

 

Manuel Luís da Costa Oliveira

 

Marinheiro Fuzileiro Especial, n.º 1967/68

 

Destacamento de Fuzileiros Especiais n.º 11

 

Comando Naval de Moçambique

 

 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

Manuel Luís da Costa Oliveira, natural da freguesia de Barqueiros, concelho de Mesão Frio, serviu Portugal na Província Ultramarina de Moçambique desde 16 de Novembro de 1969 até 18 de Janeiro de 1972, como 2º Grumete fuzileiro especial n.º 1967/68 integrado no Destacamento de Fuzileiros Especiais nº11.


No dia 10 de Junho de 1973, entretanto promovido a Marinheiro e agraciado com a Cruz de Guerra de 4.ª classe, foi condecorado perante as Forças Armadas Portuguesas reunidas em parada no Terreiro do Paço.


 

Cruz de Guerra, de 4.ª classe

 

 

 

 Marinheiro Fuzileiro Especial
Manuel Luís da Costa Oliveira


As excepcionais qualidades de combatente que o marinheiro fuzileiro especial n.º 1967/68 MANUEL LUÍS DA COSTA OLIVEIRA, do Destacamento N.º 11 de Fuzileiros Especiais, sempre demonstrou em todas as operações em que a sua unidade tomou parte, fizeram-no credor da medalha da Cruz de Guerra de 4.ª classe que justamente lhe foi concedida.


Em uma daquelas operações, um vultoso grupo inimigo desencadeou forte ataque ao estacionamento em que se encontrava o destacamento, bem como dois grupos de combate do Exército.


Ao desenvolverem-se as acções de resposta das nossas forças, o marinheiro OLIVEIRA foi ferido, mas, apesar de fisicamente diminuído, deslocou-se com a presteza que as suas condições permitiam para junto de uma arma pesada com a qual começou a fustigar o inimigo.


A sua acção galvanizou os companheiros, tendo-os levado, dentro de pouco tempo, a neutralizar o ataque de que a unidade fora alvo, com pesadas consequências para o inimigo, que abandonou no terreno material e munições e sofreu várias baixas pessoais.


N. R.: O marinheiro fuzileiro especial OLIVEIRA é natural da freguesia de Barqueiros, concelho de Mesão Frio, distrito de Vila Real.
 


 

------------------------------------------------------------------

 

Diário de Lisboa, ed. 18121, pág. 16, de 05Jun1973

 

Clique na imagem que se segue para ampliação

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo