.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

Manuel Marques Sardão, Soldado Maqueiro, da CCS/BCac554

 

  "Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

 

Barata da Silva, Vice-Comodoro

 

HONRA E GLÓRIA

Fontes:

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

5.º Volume, Tomo I, pág.s 102 e 103, da RHMCA / CECA / EME

7.º Volume, Tomo I, pág.s 176 e 177, da RHMCA / CECA / EME

8.º Volume, Tomo I, Livro 1, pág. 425, da RHMCA / CECA / EME

Jornal do Exército, ed. 101, pág.s 12 e 13, de Maio de 1968

Revista "Combatente", ed. 250, de Dezembro de 1992

Imagens dos distintivos cedidas por Carlos Coutinho

RTP Arquivos

 

HERÓI NACIONAL

 

Manuel Marques Sardão

 

Soldado Maqueiro, n.º 1898/63

 

Companhia de Comando e Serviços (CCS)

 

Batalhão de Caçadores 554 (BCac554)

 

«NON NOBIS»

 

Angola: 14Dez1963 a 25Mar1966

 

Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, grau Cavaleiro, com palma

(Título Póstumo)

 

Jornal do Exército, ed. 101, pág.s 12 e 13, de Maio de 1968

 

Condecorado, a título póstumo, com o grau de Cavaleiro da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, com palma, e promovido por distinção a Furriel, o soldado maqueiro n. 1898/63, Manuel Marques Sardão, da Companhia de Comando e Serviços do Batalhão de Caçadores n.º 554, do Regimento de Infantaria n.º 15, porque, quando integrado numa coluna de reabastecimento e a mesma sofreu uma emboscada que de modo fulminante reduziu o pessoal a cinco homens, teve comportamento, debaixo de fogo, altamente meritório.

Mortalmente ferido pelas primeiras rajadas do inimigo, teve ainda forças para usar a sua arma e, de colaboração com os restantes sobreviventes, pôr o inimigo em fuga, levando-o a abandonar material de grande importância.

Em seguida, no local de combate e no exercício da função da sua especialidade, prestou socorros aos camaradas feridos, continuando abnegadamente alheio ao seu próprio estado, até que a morte o surpreendeu no desempenho da sua nobre missão.

O soldado Manuel Marques, com a sua acção em combate, heroica e abnegada, mostrou possuir em alto grau qualidades de coragem, desprezo pela vida e espírito de sacrifício até ao extremo, o que o torna credor do respeito de todos.

 

 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo