Guerra do Ultramar: Angola, Guiné e Moçambique Automobilia Ibérica - Histórico Automóvel Clube de Entre Tejo e Sado (HACETS)

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Memoriais - Monumentos aos Combatentes

 

Monumentos aos Combatentes

Em memória daqueles que tombaram em defesa de

Portugal na Guerra do Ultramar

 

Castelo Branco

 

Para visualização dos conteúdos clique nos sublinhados

 

Listagem dos mortos naturais do concelho de Castelo Branco

 

Castelo Branco
Fonte: Companhia de Caçadores 3413 (Angola 1971/1973), online
http://cc3413.wordpress.com/2009/06/10/castelo-branco-monumento-aos-combatentes/
 
Aos Combatentes do Ultramar

 

 

Os combatentes portugueses têm monumentos espalhados pelo país para os homenagear. Em Castelo Branco desde 1924 que existe um monumento aos combatentes da grande guerra. Este monumento tem estado no talhão dos combatentes existente no cemitério local,  e foi em 15 de Dezembro de 2007 mudado para uma rotunda no meio da cidade, cerimónia que contou com a presença do Presidente da Direcção Central da Liga dos Combatentes,  Gen. Joaquim Chito Rodrigues, um albicastrense, comemorando-se também na mesma data o 84º aniversário do Núcleo de Castelo Branco da Liga dos Combatentes.

O Monumento ao Combatente, representa a estilização dum dólmen (primeiros monumentos que a humanidade levantou aos mortos). Contém inscrição em relevo de quantos portugueses morreram nos campos de batalha pelo engrandecimento e defesa da Pátria.

Nas faces estão gravados os nomes de doze batalhas: Ourique, Salado, Atoleiros, Aljubarrota, Valverde, Ceuta, Cercos de Diu, Montes Claros, Bussaco, Marracuene, Cumato e La Lys. Nos cunhais sobre os capitéis dos colunelos estão as esferas armilares. Ao centro das faces maiores, as cruzes de Cristo.

O discurso que o Gen. Chito Rodrigues proferiu na ocasião, pode ser lido aqui

 

Fonte: http://cc3413.wordpress.com/2009/06/10/castelo-branco-monumento-aos-combatentes/

 

-----------------------------------------------

 

Angola

 

Companhia de Comando e Serviços do Batalhão de Caçadores 186

Grupo de Comandos Aço

Hélder Sanches Pires, 1.º Cabo 'Cmd'

Natural da freguesia de Alcains, concelho de Castelo Branco, mobilizado pelo BC6, para servir na RMA, integrado  na CCS do BCaç 186, depois integrado no Grupo de Comandos Aço, tombou em combate em 05Abr63 no decurso da penúltima actividade operacional daquele GrCmds, efectuada nas imediações da sanzala Quizondo (área do Úcua).

Está sepultado na campa 6 do cemitério de Vista Alegre, em Quitexe, Angola

Voltar ao topo