.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Memoriais

Monumentos aos Combatentes, Memoriais e Campas

 

Monumentos aos Combatentes e Campas

Em memória daqueles que tombaram em defesa de

Portugal na Guerra do Ultramar

 

Lajes do Pico

 

Para visualização dos conteúdos clique nos sublinhados que se seguem:

 

Listagem dos mortos naturais do concelho de Lajes do Pico

 

 

Ribeiras

 

Memorial aos Combatentes da Guerra do Ultramar

 

Inaugurado no dia 5 de Outubro de 2018

 

«...aqueles que partindo desta freguesia deram a sua vida ao serviço da Pátria»

 

 

Que as suas Almas descansem em Paz

 

Gabriel Jorge da Silva

 

Gabriel Jorge da Silva, 1.º Cabo Atirador, n.º 14872568, natural de Santa Bárbara, freguesia das Ribeiras, concelho das Lajes do Pico (Açores), solteiro, filho de Manuel Jorge da Silva e de Adelaide Natália da Silva.

 

Mobilizado pelo Batalhão Independente de Infantaria 17 (BII17 - Angra do Heroísmo) para servir Portugal na Província Ultramarina de Moçambique integrado na Companhia de Caçadores 2421 «SE NÃO FORMOS MELHORES, NÃO VALEMOS A PENA».

 

Faleceu no dia 11 de Março de 1969, no itinerário Vasco da Gama - Guanar, Marávia, vítima de ferimentos em combate.

 

Ficou inumado na sepultura n.º 6, fileira n.º 25, Talhão B, do cemitério de Fingoé (Moçambique).

 

Em Junho de 2018, os seus restos mortais foram exumados e trasladados para o ossário da Liga dos Combatentes, no cemitério de Nampula (Moçambique.

 

 

Silvino Barbosa Amaral (o nome está gravado na lápide que se segue)

 

Para visualização do conteúdo clique no sublinhado que se segue:

 

Silvino Barbosa Amaral, Soldado Atirador, n.º 08828872, nascido no dia 28 de Abril de 1951, no lugar da Grota do Bravo, da freguesia e concelho de Nordeste (Açores), solteiro, filho de Dinis Jacinto Amaral e de Angelina Pacheco Barbosa.

 

Mobilizado pelo  Batalhão Independente de Infantaria 18 (BII18 - Ponta Delgada) para servir Portugal na Província Ultramarina de Moçambique integrado na 2.ª Companhia do batalhão de Caçadores 4811/72 «CUJA FAMA VIRÁ QUE DOME».

 

Faleceu no dia 15 de Novembro de 1973, na picada entre Luatize e Nova Viseu, vítima de ferimentos em combate (accionamento de mina anti-carro).

 

Tinha 22 anos de Idade.

 

Está inumado na sepultura n.º 521, da fileira n.º 5, do talhão B, do cemitério de Vila Cabral, hoje Lichinga (Moçambique)

 

 

(Clique na imagem que se segue para ampliação)

 

 Vídeo da cerimónia, de VDFaria (António Faria)

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo