.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Memoriais

 

 

Monumentos aos Combatentes e Campas

 

Em memória daqueles que tombaram em defesa de

Portugal na Guerra do Ultramar

 

 

Penafiel

 

Para visualização do conteúdo clique no sublinhado

 

Listagem dos mortos naturais do concelho de Penafiel

 

 

Cabeça Santa

Albino de Oliveira Cruz

Albino de Oliveira Cruz, Soldado Sapador de Infantaria, n.º 17643871, nascido no dia 7 de Novembro de 1950, no lugar de Agrelos, da freguesia de Cabeça Santa, concelho de Penafiel, filho de Gaspar da Cruz e de Ana Conceição de Oliveira.

Mobilizado pelo Regimento de Infantaria 16 (RI16 - Évora), para servir Portugal na Província Ultramarina da Guiné, integrado na Companhia de Comando e Serviços (CCS) do Batalhão de Caçadores 4610/72 «NÃO SOFRE O PEITO FORTE, USADO À GUERRA».

Faleceu no dia 10 de Novembro de 1972 no Hospital Militar de Bissau, vítima de ferimentos em combate, devido a uma armadilha com granada (1).

Tinha 22 anos de idade.

Está inumado no cemitério paroquial de Cabaça Santa, concelho de Penafiel

(1) - Ocorrência:

Na 3ªfeira, dia 7 de Novembro de 1972, uma equipa do pelotão de sapadores da Companhia de Comando e Serviços do Batalhão de Caçadores 4610/72 (CCS/BCac4610/72), quando percorria o itinerário entre o aquartelamento em Bissorã e a vila de Mansoa, causou a deflagração de uma granada inimiga armadilhada, a qual provocou morte imediata ao soldado sapador Eduardo Campos Ferreira e ao 1º cabo sapador João Luís Duque Lopes, e graves ferimentos ao soldado sapador Albino de Oliveira Cruz (*) que foi evacuado para o HM241-Bissau, onde faleceu três dias depois.
As suas Almas repousam em Paz

(*) - nesse fatídico dia, completava 22 anos de idade.

 

 

Eduardo Campos Ferreira (nota)

Eduardo Campos Ferreira, Soldado Sapador de Infantaria, n.º 17374171, natural do lugar de Quintão, da freguesia de Rio Corvo, concelho de Barcelos, filho de Joaquim Ferreira do Souto e de Glória da Costa Campos, solteiro.

 

Mobilizado pelo Regimento de Infantaria 16 (RI16 - Évora), para servir Portugal na Província Ultramarina da Guiné, integrado na Companhia de Comando e Serviços (CCS) do Batalhão de Caçadores 4610/72 «NÃO SOFRE O PEITO FORTE, USADO À GUERRA».

 

Faleceu no dia 7 de Novembro de 1972, vítima de ferimentos em combate, devido a uma armadilha com granada.

 

João Luís Duque Lopes (nota)

João Luís Duque Lopes, 1.º Cabo Sapador de Infantaria, n.º 18900171, natural da freguesia de São Tiago Montalegre, concelho do Sardoal, filho de Manuel Lopes e de Maria Teresa Duque, solteiro.

 

Mobilizado pelo Regimento de Infantaria 16 (RI16 - Évora), para servir Portugal na Província Ultramarina da Guiné, integrado na Companhia de Comando e Serviços (CCS) do Batalhão de Caçadores 4610/72 «NÃO SOFRE O PEITO FORTE, USADO À GUERRA».

 

Faleceu no dia 7 de Novembro de 1972, vítima de ferimentos em combate, devido a uma armadilha com granada.

 

(nota): Ambos tiveram morte imediata no local; ou seja, os óbitos foram confirmados no Hospital Militar 241 (HM241 - Bissau) mas ali não vieram a falecer

 

As suas Almas repousam em Paz

 

Imagem de Eduardo Lopes,

extraída do facebook

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo