.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Memoriais

Monumentos aos Combatentes, Memoriais e Campas

 

Monumentos aos Combatentes e Campas

Em memória daqueles que tombaram em defesa de

Portugal na Guerra do Ultramar

 

Tondela

 

Para visualização do conteúdo clique no sublinhado

 

Listagem dos mortos naturais do concelho de Tondela

 

«Ninguém fica para trás»

 

Paraquedista morto em combate regressa ao solo PÁTRIO 54 anos depois

(Notícia de 05 de Dezembro de 2017)

 

 

 

Lobão da Beira

 

Imagens cedidas pelo veterano Isidro Moreira Esteves

 

António da Conceição Lopes da Silva

 

 

António da Conceição Lopes da Silva, Soldado Pára-Quedista n.º 334/61 (brevet 1624), natural da freguesia de Lobão da Beira, concelho de Tondela, mobilizado pelo Regimento de Caçadores Pára-Quedistas, para servir na 2.ª Região Aérea (Angola), integrado na 2.ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas 21.

 

Tombou em combate no dia 3 de Outubro de 1963.

 

Foi sepultado no cemitério de Santana (Catete, Luanda), em Angola, no talhão militar, campa sem número.

 

Os restos mortais foram trasladados, em Dezembro de 2017, para o cemitério da sua naturalidade.

 

 

 

 

A notícia na comunicação social:

 

Para visualização dos conteúdos clique em cada um dos sublinhados que se seguem:

 

 

Não ficou para trás. António morreu em Angola em 1963 e voltou agora a casa - in jornal "Público"

 

Paraquedista morto em Angola em 1962 [1963] foi a enterrar na terra natal - in Jornal de Notícias

 

Homenagem ao Soldado Paraquedista António Lopes da Silva, pelo Coronel Moura Calheiros

 

Paraquedista morto regressa a Portugal 54 anos depois - Foi morto em combate em Angola em 1963 - TVI24

 

As despesas da trasladação do soldado português foram suportadas pela família e através de donativos - in jornal "Público"

 

Paraquedista morto em combate regressa a Portugal 54 anos depois - in Diário de Notícias


É preciso relançar a questão dos soldados "abandonados" em Angola
- in Diário de Notícias


Corpo do paraquedista que morreu em Angola chega a Tondela na quarta-feira -
in Diário de Notícias

 

Vídeo da cerimónia no Regimento de Pára-Quedistas em Tancos, no dia 06Dez2017, do veterano Serrano Rosa, in facebook:

 

 

 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo