Guerra do Ultramar: Angola, Guiné e Moçambique Automobilia Ibérica - Histórico Automóvel Clube de Entre Tejo e Sado (HACETS)

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

NOTÍCIA - O Regresso dos Mortos e Abandonados em África

 

"O Regresso dos Mortos e Abandonados em África"

 

Para visualização do conteúdo clique no sublinhado ou na imagem

 

03Jun2009 - Parlamento debateu a petição que defende a trasladação dos militares mortos na Guerra do Ultramar

 

 Enviado por Vítor Baião


 

 

------------------------------------------

 

 

No dia em que o Parlamento debate a petição que defende a trasladação dos militares mortos na guerra colonial, a Antena Aberta pergunta : o Estado deve pagar a trasladação dos restos mortais dos ex combatentes em África?...

Programa "Antena Aberta", da RTPN, de 3 de Junho de 2009. apresentado pelo jornalista António Jorge

 

 

 

------------------------------------------

 

AR: CDS-PP anunciou projecto para recuperação ossadas soldados ...
Expresso - Porto, Portugal
... um projecto de resolução para recuperação das ossadas de soldados portugueses mortos na Guerra Colonial, disse hoje à Lusa o deputado João Rebelo. ...

 

 

AR: CDS-PP anunciou projecto para recuperação ossadas soldados ...
Jornal de Notícias - Porto, Portugal
... um projecto de resolução para recuperação das ossadas de soldados portugueses mortos na Guerra Colonial, disse hoje à Lusa o deputado João Rebelo. ...

 

------------------------------------------

 

Parlamento vota hoje a petição assinada por 12 mil pessoas que ...
RTP - Lisboa, Portugal
Os restos mortais de milhares de militares estão em mais de quatro centenas de cemitérios em países africanos, na maioria dos casos ao abandono. ...

 

  

 

------------------------------------------

 

Dia 3 de Junho, pelas 15H00 (2009) entrará em análise, pelos Deputados da Assembleia da República, a petição sobre "O Regresso dos Mortos e Abandonados em África". Os combatentes que poderem estar presentes nas Galerias da AR, deverão dirigir-se lá.

 

Voltar ao topo