Guerra do Ultramar: Angola, Guiné e Moçambique Automobilia Ibérica - Histórico Automóvel Clube de Entre Tejo e Sado (HACETS)

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

NOTÍCIA - As cerimónias fúnebres e militares - 26 de Julho de 2008  

Tombaram em combate, no dia 23 de Maio de 1973, em Guidaje, na Guiné, ao serviço de Portugal

35 anos depois, foram sepultados em solo pátrio

Os vídeos

Para visualização dos conteúdos clique nas palavras sublinhadas

 

"Finalmente em Paz", da RTP 1

 

"Cerimónias fúnebres dos 3 soldados mortos em 1973", da SIC Notícias

 

Igreja da Força Aérea Portuguesa, em Lisboa

 

Vídeos no site da RTP

Memórias do ataque 35 anos depois

 

------------------------------------------------------------------

 

"Finalmente em Paz", da RTP 1

 

Cedido por J. Antero Ferreira

 

 

 

Voltar ao topo

 

------------------------------------------------------------------

 

"Cerimónias fúnebres dos 3 soldados mortos em 1973", da SIC Notícias

 

Cedido por J. Antero Ferreira

 

 

 

Voltar ao topo

 

------------------------------------------------------------------

 

Igreja da Força Aérea Portuguesa, em Lisboa

 

Da equipa do Terraweb

 

   

 

Voltar ao topo

------------------------------------------------------------------

 

Vídeos no site da RTP

 

Clique nas imagens para visualização dos conteúdos

Homenagem a três militares tombados na Guiné

Trinta e cinco anos depois, três pára-quedistas mortos em combate na Guiné foram homenageados com honras militares em Portugal.
Os restos mortais dos soldados foram trasladados este mês para Portugal, na sequência dos esforços iniciados pelos familiares das vítimas.

 
Honras militares 35 anos depois

Familiares e antigos camaradas de armas prestaram em Tancos a última homenagem a três pára-quedistas mortos em combate na Guiné.

 

Pára-quedistas enterrados nas suas terras natais

Os três soldados portugueses morreram há 35 anos em combate, em Guidaje.

Mas só no início deste mês os restos mortais foram trasladados da Guiné para Portugal.

 

Voltar ao topo

------------------------------------------------------------------

Memórias do ataque 35 anos depois

A RTP recolheu a memória de um dos sobreviventes do ataque que vitimou os três pára-quedistas agora trasladados para Portugal.

cedido pelo Ilídio Costa

http://groups.msn.com/BarreirenseI-Costa/

 

 

  

 

 

 

 

Voltar ao topo