.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTW

Angola

ANGOLA - IMAGENS - Cedidas por ex-Combatentes ou em sites próprios

 

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

José de Jesus Nunes Simões

 

Nasceu a 30 de Outubro de 1940,  na Covilhã.


- em 15 de Junho de 1961, tendo sido mobilizado pelo Regimento de Infantaria 2 (RI2-Abrantes) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, embarcou em Lisboa no NTT 'Uíge' rumo a Luanda, como 1.º Cabo Radiotelegrafista - Montador, integrado na Companhia de Comando e Serviços do Batalhão de Caçadores 137 (CCS/BCac137) «E DERRAMANDO O SANGUE»;


- em  6 de Setembro de 1963, concluída a sua missão, iniciou em Luanda a torna-viagem a bordo do NTT 'Vera Cruz' e arribou a Lisboa no dia 16 de Setembro de 1963.

 

Elementos enviados pelo veterano Miguel Oliveira

 

Foi há 50 anos:

A Partida de Lisboa e a chegada a Luanda

Ao cair da noite do dia 14 de Junho do ano de 1961, saímos da estação dos Caminhos de Ferro de Abrantes, localidade onde estava sediado o Regimento de Infantaria 2, unidade por onde fomos mobilizados, em comboio especial para Lisboa, onde nos aguardava o Paquete Uíge.

Na manhã seguinte e após um desfile militar que percorreu a Avenida 24 de Julho, com as devidas honras militares, seguimos para o cais de Alcântara, tendo embarcado de seguida.

Cumpridas as praxes, aquele transatlântico largou amarras, creio que às primeiras horas da tarde daquele dia 15 de Junho do ano de 1961.

Recordo a mágoa e o choro tanto dos militares que embarcavam, como especialmente dos familiares que ali se deslocaram para ver partir os seus filhos, irmãos, maridos, noivos, namorados ou amigos, naquela hora tão difícil para todos.

No nosso caso concreto, não tinha por opção própria e porque não dizê-lo pelas dificuldades que na época constituíam as deslocações, Lisboa era muito longe, qualquer familiar comigo, naquele momento de tristeza.

Não quero dizer com isso, que não sofri com aquilo a que assistia. O sentimento que pairava no espírito de cada um, era também o meu.

Já a bordo e olhando Lisboa, interroguei-me: Será que alguma vez mais voltarei a ver esta imagem? E pedi a Deus que me desse a possibilidade de voltar.

A minha prece certamente que foi ouvida, passados precisamente 27 meses e um dia, estava de regresso.

A viagem que havia de durar 11 dias, correu maravilhosamente. Não houve aqueles enjoos que são tão habituais, especialmente em quem nunca tinha posto os pés num barco, nem aconteceu qualquer outro tipo de contratempo.

O tempo era passado no camarote onde dormíamos quatro amigos e, ao serão se jogavam as cartas, no convés admirando o mar e os cardumes de peixes voadores, que faziam a nossa delícia e ainda com umas visitinhas aos bares existentes.

Finalmente chegava o dia 26 do referido mês, dia do desembarque na majestosa e encantadora cidade de Luanda.

Na Avenida Marginal, onde de um lado se erguiam muitos e luxuosos edifícios, e na margem contrária nos deslumbrávamos com as belezas daquele mar calmo, vendo-se ao longe a chamada Baía de Luanda, um lugar verdadeiramente paradisíaco, teve lugar um imponente desfile.

Incorporaram-se no mesmo, mais de um milhar e meio de militares, os quais tinham viajado não só no Navio Uíge como já referimos, mas também no Moçambique, marchando em coluna com uma frente de 12 homens, ao toque de marchas militares e grandes aplausos de uma população (brancos e negros), que ansiavam pelo restabelecimento da ordem pública e protecção das suas vidas e dos seus bens.

Jamais esqueceremos esses momentos, muito embora e no dia que escrevemos este apontamento, façam precisamente 50 anos da largada de Lisboa.

José Nunes Simões

 

Clique na imagem que se segue para ampliação

 

 

 

------------------------------------------------

Nota da equipa do UTW:

No dia 19 de Junho de 2011, os veteranos do Batalhão de Caçadores 137, encontraram-se em Tomar para comemoraram o 50.º Aniversário da sua partida para a Região Militar de Angola, onde prestaram serviço no período de 1961 a 1963

Clique nos sublinhados que se seguem para visualização dos conteúdos:

 

Comemoração do 50.º Aniversário:

 

Encontro Convívio do Batalhão de Caçadores 137 Angola 1961/1963

 

 

Síntese histórica do Batalhão de Caçadores 137

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo