.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Condecorações

HONRA E GLÓRIA: Teófilo da Conceição Feixeira, 2.º Sargento de Infantaria

 

Nota de óbito

Elementos cedidos pelo veterano José Domingos.

da CCac1430, e

5.º Volume, Tomo II, da RHMCA / CECA / EME

 

Faleceu, no dia 25 de Agosto de 2002, o veterano

 

Teófilo da Conceição Teixeira

 

2.º Sargento de Infantaria

 

Companhia de Caçadores 115 do Batalhão de Caçadores 114

Angola: 09Jun1961 a 03Jul1963

 

Companhia de Caçadores 1430

Angola: 1965 a 1967

 

Teófilo da Conceição Teixeira, natural da freguesia de Maximinos, concelho de Braga.

 

1.ª comissão de serviço:

Mobilizado pela Escola Prática de Infantaria (EPI - Mafra) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, com o posto de 1.º Cabo de Infantaria, n.º 666/Rd, integrado na Companhia de Caçadores 115 do Batalhão de Caçadores 114 «AD OMNIA PARATI», no período de 9 de Junho de 1961 a 3 de Julho de 1963.

 

2.ª comissão de serviço:

Mobilizado pelo Regimento de Infantaria 2 (RI2 - Abrantes) para servir Portugal na Província Ultramarina de Angola, com o posto de 2.º Sargento de Infantaria, integrado na Companhia de Caçadores 1430 «MORRA QUEM SE NEGUE», no período de 1965 a 1967.

 

HONRA E GLÓRIA

 

Cruz de Guerra, de 2.ª classe

 

 

 

1.º Cabo de Infantaria, N.º 666/Rd
TEÓFILO DA CONCEIÇÃO TEIXEIRA
 

CCac 115/BCac 114 — EPI
ANGOLA
 

2.ª CLASSE
 

Transcrição da Portaria publicada na OE n.º 5 - 3.ª série, de 1963.
Por Portaria de 08 de Janeiro de 1963:

 

Manda o Governo da República Portuguesa, pelo Ministro do Exército, condecorar com a medalha da Cruz de Guerra de 2.ª classe, por ter sido considerado ao abrigo dos artigos 9.º e 10.º, do Regulamento da Medalha Militar, de 28 de Maio de 1946, por serviços prestados em acções de combate na Província de Angola:
 

O Primeiro-Cabo n.º 666/Rd, Teófilo da Conceição Teixeira, da Companhia de Caçadores n.º 115, do Batalhão de Caçadores n.º 114.
 

Transcrição do louvor que originou a condecoração.
(Despacho de 28 de Agosto de 1962, do General Comandante da Região Militar de Angola, publicado na OS n.º 103, de 19 de Dezembro do mesmo ano, do QG/RMA):
 

Louvado o 1.º Cabo n.º 666/Rd, Teófilo da Conceição Teixeira, da CCac 115, do BCac 114, porque, em 15 de Julho de 1961, quando a sua Companhia sofreu um violento ataque em massa, na região de Quanda-Maúa, a N do Rio Lifune, indiferente ao fogo e às armas brancas dos terroristas, demonstrou inexcedível coragem e sangue frio, ao actuar com o seu lança-granadas foguete, de cuja esquadra é comandante e apontador, tendo conseguido destruir e neutralizar mais de uma dezena de elementos adversos. Durante a acção e quando já não era necessária a sua arma, lançou-se com uma arma branca na luta corpo-a-corpo contra os últimos elementos In, até à sua eliminação total.


Também em 27 de Julho de 1961 noutro ataque a que foi sujeita a sua Companhia, na região das Sete Curvas, entre Quicabo e Balacende, de novo, com muita calma e coragem, indiferente ao perigo, actuou com a sua arma sobre o inimigo que a pouco mais de 10 metros, muito bem entrincheirado atirava sobre a coluna.


O 1.º Cabo Teófilo, sempre que à sua Companhia é dada uma missão de combate, está voluntária e prontamente na 1.ª linha, nos locais de maior perigo, procurando com o seu lança-granadas foguete destruir o inimigo e tirar partido do efeito psicológico dessa arma. Em todas as acções em que tomou parte revelou coragem, decisão, serena energia debaixo de fogo e sangue frio.
 

------------------------------------

O 1.º Cabo de Infantaria Teófilo da Conceição Teixeira, fez parte do 3.º contingente de tropas desembarcado em Luanda, no dia 9 de Junho de 1961 e desfilou na Avenida Paulo Dias Novais:

 

 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo