.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Falecimento

Victor Manuel Coimbra Delgado e Silva, Alferes Mil.º de Infantaria, da CCac1740

 

Nota de óbito

Elementos cedidos por um colaborador do portal UTW

 

Faleceu, no dia 12 de Fevereiro de 2021, o veterano

 

Victor Manuel Coimbra Delgado e Silva
 

Alferes Mil.º de Infantaria

 

Comandante de pelotão da

 

Companhia de Caçadores 1740

 

«CUMPRIR PARA VENCER»

 

Batalhão Independente de Infantaria 19

 

Angola: 14Ago1967 a 14Out1969

 

Victor Manuel Coimbra Delgado e Silva, Alferes Mil.º de Infantaria, nascido no dia 24 de Agosto de 1944 na cidade de Coimbra, filho do veterano Manuel Maria Delgado e Silva, General.


Em 1967 alferes miliciano de Infantaria, mobilizado pelo Batalhão Independente de Infantaria 19 (BII19 - Funchal) para servir Portugal na Província

Ultramarina de Angola, como comandante de pelotão da Companhia de Caçadores 1740 (CCac1740) «CUMPRIR PARA VENCER», destinada a reforço da guarnição normal da Região Militar de Angola e da quadrícula do Sector I da Zona de Intervenção Norte atribuído ao Batalhão de Caçadores 12 (BCac12 - Carmona);


Em 14 de Agosto de 1967 desembarcou em Luanda do NTT 'Vera Cruz' e pouco depois seguiu para o Songo, a fim de render a Companhia de Caçadores 1432 (CCac1432) do Regimento de Infantaria 15 (RI15 - Tomar);


Em Outubro de 1969, após a sua subunidade ter sido rendida pela Companhia de Artilharia 2573 do Regimento de Artilharia Ligeira 3 (RAL3 - Évora), regressou à Metrópole.


Faleceu no dia 12 de Fevereiro de 2021
 

A sua Alma repousa em Paz.

 

-----------------------------------------------------------------

 

Partida para a Região Militar de Angola - Agosto de 1967:

 

 

 

 

 

 

 

Em Angola:

 

 

 

Resumo histórico da Companhia de Caçadores 1740:

 

 

1. Mobilizada pelo Batalhão Independente de Infantaria n.º 19, FUNCHAL, embarcou em 06AGO67, naquela cidade, chegando a LUANDA no dia 14 do mesmo mês.

 

[Destinada a reforço da guarnição normal da RMA e da quadrícula do SectorI/ZIN, atribuído ao BC12-Carmona. Seguiu para o Songo, a fim de render a CCac1432/RI15]

 

2. Permanecendo, durante mais de dois anos, no Norte da Província, em região vizinha da área dos DEMBOS, tomou parte, conjuntamente com outras forças, em diversas operações que conduziram a significativos resultados, destacando-se a destruição de vários locais de refúgio do inimigo, nas operações BOTA ALTA, BOTA ALTA COM ESPORAS e FORMIGA VAIDOSA, na qual o seu pessoal, apesar de actuar em pequenas fracções e sob diferentes comandos, deu provas de muita agressividade, rusticidade e notável resistência.

 

3. Essas qualidade, bem patentes em algumas acções isoladas, que provocaram várias baixas ao inimigo e a eliminação de acampamentos temporários, permitiram à Companhia manter o ritmo de actividade operacional sempre constante e dedicar-se, além de uma acção psicológica e sanitária junto das populações e de medidas para a sua autodefesa, à construção de um novo aquartelamento, que representa notável melhoria para a instalação das Tropas, pelo que se pode afirmar que a Companhia de Caçadores 1740 cumpriu bem a sua missão em ANGOLA.

 

[Em Out1969, a CCac1740 foi rendida pela CArt2573/RAL3, e regressou à Metrópole]

 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo