.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Moçambique

MOÇAMBIQUE - IMAGENS - Cedidas por ex-Combatentes ou em sites próprios

 

Francisco José Branquinho de Almeida

Furriel Miliciano e Alferes Graduado

GE 201

Cabo Delgado - Moçambique

Agosto de 1968 a Janeiro de 1972

 

Autocolantes utilizados na acção psicológica, vulgo

APSICO

 

Informação de Francisco José Branquinho de Almeida:

 

Sabemos que, para além da G3 e da Kalashnikov, tanto a Frelimo como as NT se serviam de outra arma, não menos eficazes que aquelas.

Recordo-me que do lado das Nossas Forças, a acção psicológica, vulgo APSICO, era dirigida não só às NT, como às POP e mesmo aos guerrilheiros na mata. Muitas das operações que desenvolvíamos, por imposição do Oficial APSIC, tinham essa componente.

Estou a lembrar-me dum episódio caricato ocorrido em 1971, numa operação desenvolvida pelo GE 201 junto ao Rio Messalo: já após um recontro com uma força da Frelimo, em que acabávamos de capturar 2 Kalasc e outro material, detectámos um saco com vasta propaganda dos guerrilheiros. Entre eles a cartilha vermelha do Mao Tse Tung. O Cabo Magemba, sempre irónico e bem disposto, lembrou-se que carregava um saco com o tal "avio" do Major da Apsico e não esteve com meias medidas: em jeito de desforra, sacou das centenas de autocolantes que transportava e colou-os num tronco dum velho cajueiro que ficou literalmente envolto de papéis. Estávamos em Dezembro e, acreditem, a primeira sensação que tive quando olhei para aquela árvore toda colorida foi de que à minha frente estava uma gigante Árvore de Natal!

Junto alguns desses autocolantes (e uma foto com uma das Kalashnikov capturadas nessa OP)

Um abraço e bom Natal para todos,

Francisco José Branquinho de Almeida

GE 201

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo