.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

 

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Dia do Comando

38.ª Companhia de Comandos
 
Elementos cedidos pelo veterano J.C. Abreu dos Santos,
e outros recolhidos pela equipa do UTW

Pouco se fala hoje em dia nestas coisas mas é bom que para preservação do nosso orgulho como Portugueses, elas não se esqueçam"

Barata da Silva, Vice-Comodoro

CG-1-Classe-VmCruz de Guerra de 1.ª classe, colectiva
 
 
HONRA E GLÓRIA
 

38.ª Companhia de Comandos

 

«OS LEOPARDOS»

 

«A SORTE PROTEGE OS AUDAZES»

 

Cruz de Guerra de 1.ª Classe, Colectiva, no Guião da 38ªCCmds

 

Serviu Portugal na Província Ultramarina da Guiné, no período de 27 e 30 de Junho de 1972 a 30 de Junho de 1974

 

Louvor colectico

Ordem do Exército n.º 02/2016 de 29 de Fevereiro, 1.ª série, pág.s 24 e 25:

 

Ministério da Defesa Nacional
 

Exército Português


EMELouvo a 38.ª Companhia de Comandos pela forma extraordinariamente heroica e eficaz como desenvolveu uma intensíssima atividade operacional, guiada por um inexcedível sentido de missão e plena agressividade, audácia e coragem permanentes, quando empenhada no teatro de operações da Guiné, de junho de 1972 a junho de 1974.


Unidade bem enquadrada, coesa e instruída, com elevada preparação técnica e tática, denotou singular facilidade de adaptação ao terreno e á forma de atuação do inimigo, assim como excecional força, ardor bélico e intrepidez em todas as situações, tendo obtido resultados notáveis que muito contribuíram para o sucesso nas operações e para o cumprimento da missão que lhe estava confiada.


Atuando em condições extremamente difíceis e perigosas, todos os elementos da 38.ª Companhia de Comandos denotaram elevada determinação e destemida valentia, serena energia debaixo de fogo, invulgar iniciativa, permanente sangue frio e total confiança. O brilhantismo operacional da Companhia foi confirmado em todas as situações de combate inerentes às operações em que esteve envolvida, de que merecem especial destaque as seguintes: "FEITURA 1", "FEITURA 2", "ÁGUIA ERRANTE", "JAMANTA", "JUVENCA", "JAVALI", "EMPRESA TITÂNICA", "GENTE VALOROSA", "JUSANTE", "JOGADA XIII" e "GALÁXIA VERMELHA".


É igualmente justo realçar, da atividade operacional desenvolvida, a execução de patrulhamentos ofensivos em dias consecutivos e por longos períodos, assim como a escolta a diversas colunas. Também nestas acções foram patentes a superior abnegação, o incomparável espírito de corpo, o assinalável destemor, a exímia capacidade tática e elevada versatilidade e adaptabilidade dos militares empenhados, não só a título individual, mas sobretudo em termos coletivos.


Do distinto historial da 38.ª Companhia de Comandos sobressaem as inúmeras baixas infligidas no inimigo e o diverso material e documentação capturados, que se revelaram fundamentais para o desgaste da sua capacidade operacional e para o conhecimento da sua organização.


Pelos feitos de armas de excecional valor, onde avultam as retumbantes vitórias alcançadas, a 38.ª Companhia de Comandos, do extinto Comando Territorial Independente da Guiné, é inteiramente merecedora de reconhecimento público pela sua brilhante atuação no cumprimento do dever, da qual resultou lustre, prestígio e honra para o Exército e para Portugal.

 

Lisboa, 9 de Novembro de 2015

 

O Chefe do Estado-Maior do Exército

 

Carlos António Corbal Hernandez Jerónimo, General

 

 

 

 

 

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo