.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Cond. / Trabalhos

António Carlos Morais da Silva, Coronel de Artilharia, na situação de reforma

 

HONRA E GLÓRIA

 

António Carlos Morais da Silva

 

Coronel de Artilharia, na situação de reforma

 

Companhia de Artilharia 1452 do Batalhão de Artilharia 1864 «CUMPRIR E HONRAR» (Angola)

 

Companhia de Artilharia 1701 (Angola)

 

Centro de Instrução de Comandos (Angola)

 

1.ª Companhia de Comandos Africanos / Comando-Chefe das Forças Armadas da Guiné

 

Comando Operacional n.º 6 do Comando Territorial Independente da Guiné

 

Companhia de Caçadores 2796 «GAVIÕES» (Guiné)

 

 

Medalha de Prata de Serviços Distintos com Palma

 

 

«Pela forma altamente eficiente como desempenhou as funções que lhe foram cometidas ao longo da sua comissão de serviço na província da Guiné.

 

Durante o período em que serviu como adjunto do Comando Operacional n.º 6, afirmou-se um oficial dinâmico, dotado de elevado espírito de sacrifício e de grande capacidade de trabalho, salientando-se pela firmeza e serenidade que sempre manteve debaixo de fogo e em situações difíceis.

 

Tendo sido posteriormente escolhido para o comando da Companhia de Caçadores n.º 2796,  em condições críticas, levou a efeito, alicerçado no exemplo da sua coragem e na invulgar capacidade de comando, um excelente trabalho de mentalização do seu pessoal, de que logo resultou a elevação da disciplina e do rendimento operacional da unidade.

 

A sua energia e tenacidade revelaram-se também no impulso dado ao ensino escolar e aos trabalhos do aldeamento à sua responsabilidade, e na forma como soube induzir a população a participar activamente nas realizações de interesse colectivo, contribuindo para o seu bem-estar e estabelecendo a sua confiança na acção das nossas tropas.

 

Pelo conjunto de qualidades evidenciadas, o capitão Morais da Silva ganhou jus a ser apontado como oficial muito apto para o comando de tropas em campanha, tendo prestado no teatro de operações da Guiné serviços que justamente se consideram extraordinários, relevantes e distintos.»

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo