.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

  Bookmark and Share

Brasões, Guiões e Crachás Pesquisar no portal UTM

Angola

Angola: Militares que se distinguiram na Guerra do Ultramar

 

Imagens e elementos cedidos pelo veterano João Carlos Abreu dos Santos

 

«Nesta aziaga madrugada de 22 de Maio de 2013, em que decorre a acabrunhada 40ª efeméride do abandono militar da nossa praça forte de Guileje, por sistemática recusa à saída do perímetro a fim de defrontar o inimigo nas imediações da fronteira sul da Guiné, cumpre-nos recordar publicamente verdadeiros actos de heroicidade e de acrisolado amor à Pátria, praticados no norte de Angola em 18 de Abril de 1961, por ínclitos Filhos desta nossa multirracial Pátria Portuguesa.»

João Carlos Abreu dos Santos

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Honra-se a Pátria de tal Gente!

 

 

Carlos Alberto de Abreu Monteiro de Castro

 

1.º Cabo de Artilharia

 

Grupo de Artilharia de Campanha de Luanda (GAC1)

 

[… ] um dos distinguidos com o «Prémio Governador-Geral de Angola», por actos de bravura no norte de Angola. Em homenagem pública, no Grupo de Artilharia de Campanha de Luanda, a que pertence, foi-lhe prestada homenagem. Presentes o comandante da Unidade, Ten-Cor. Freitas do Amaral, oficialidade e subunidades em quadrado. Foi lida a ordem de serviço que em pormenor revela o porquê da homenagem:

«Por ocasião do terceiro assalto à Vila da Damba, na madrugada do dia 18 de Abril de 1961, provocada por terroristas, em que toda a população se houve com grande bravura, salienta-se a acção praticada por António Aleixo Fernandes da Costa Freire, natural de Salazar, filho de Fernandes da Costa Freire e de Engrácia Aleixo Fernandes; e por Carlos Alberto de Abreu Monteiro de Castro, natural de S. Tomé, filho de Guilherme António de Abreu Monteiro de Castro e de Maria Catarina Afonso Fernandes, ambos portugueses de ascendência negra, os quais, arriscando a vida, perseguiram um grupo de terroristas, conseguindo reapoderar-se da Bandeira Nacional, que aqueles tinham tomado no assalto.

Considerando que os actos de heroísmo descritos constituem efectivamente serviço relevante à Província, de excepcional importância, e feitos assinalados que merecem especial galardão; tendo em vista o disposto no Decreto n.º 35 904, de 12 de Outubro de 1946; sob proposta fundamentada do Governador-Geral de Angola, ouvido o Conselho Superior de Disciplina do Ultramar; usando da faculdade conferida pelo n.º 3 do artigo 109.º da Constituição, o Governo decreta e eu promulgo o seguinte:

Artigo único. – É concedida a Medalha de Prata de Serviços Distintos ou Relevantes aos seguintes indivíduos: António Aleixo Fernandes da Costa Freire e Carlos Alberto de Abreu Monteiro de Castro.

§ único. - A barra da fivela terá gravada a seguinte legenda: «Defesa da Damba - 18 de Abril de 1961».

Disse o comandante, em dada altura do discurso que proferiu: «Um dos nossos camaradas, de raça negra, no peito do qual já brilha a medalha de serviços distintos – o 1.º Cabo Carlos Alberto de Abreu Monteiro de Castro, um dos dois heróis da Damba, que a tiro reconquistaram, aos bandos terroristas, a Bandeira da Pátria, foi agora distinguido» e parte amanhã para Lisboa. «Quando se trata de mercê tão alta, concedida a um herói reconhecido, bom soldado, modesto, simples, trabalhador, educado e bom pai de família, todos nos sentimos honrados e contentes».

Clique na imagem para ampliação:

 

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo