.

 

Início O Autor História A Viagem Moçambique Livros Notícias Procura Encontros Imagens Mailing List Ligações Mapa do Site

Share |

Brasões, Guiões e Crachás

Siga-nos

Fórum UTW

Pesquisar no portal UTM

Falecimento

ANGOLA - IMAGENS - Cedidas por ex-Combatentes ou em sites próprios

 

Tenente-Coronel Armando Maçanita

 

«Diziam que eu não tinha medo. Bem, fartava-me de ter medo, mas tinha que dar o exemplo. Não acredito em indivíduos que não têm medo, só se forem inconscientes.

 

Eu tive sempre a preocupação, desde o princípio, de estabelecer entre mim e os meus soldados um laço de amizade muito forte.

 

O que mais contava eram as pessoas. Ali não havia valores, havia as pessoas.

 

Eu tinha 44 anos, eles tinham 20 e 21, a não ser os capitães e os alferes, que andavam nos 24.

 

E estabeleceu-se um contacto e uma amizade de tal forma que tornou este batalhão invencível.»

 

Palavras do Coronel de Infantaria Armando Maçanita,

in sítio: http://ultramar.terraweb.biz/06Livros_JoseFreireAntunes.htm

 

Falecimento

Notícia: in "Diário Online" - JV/RS
17:17 sexta-feira, 18Nov2005

Faleceu Coronel Maçanita

Faleceu ontem aos 88 anos o Coronel Armando da Silva Maçanita. As cerimónias fúnebres têm honras militares e decorrem amanhã, dia 19, às 15.00 horas, em Portimão, na Capela do Hospital da Santa Casa da Misericórdia.

Natural de Portimão, Armando Maçanita, sempre se destacou como militar distinto e de reconhecido prestígio no Exército Português. Notabilizou-se nas campanhas do Ultramar, nas décadas de 60 e 70, com especial destaque para a reocupação, em 1961, da vila de Nambuangongo (Angola) considerada, na altura, um baluarte emblemático de grande valor.

Entre os muitos outros feitos destaca-se ter ajudado a pacificar Angola nos anos sessenta ao serviço das Forças Armadas Portuguesas, nomeadamente na zona dos Dembos.

Para além da vida militar sublinha-se que após a passagem à situação de reforma, Armando Maçanita regressou a Portimão onde criou o Núcleo Regional de Portimão da Liga dos Combatentes. Desempenhou funções de Presidente da respectiva Comissão Administrativa durante 13 anos. Ao cessar as funções foi eleito Presidente de Honra do referido Núcleo, actualmente designado Núcleo Regional de Lagoa-Portimão da Liga dos Combatentes.

Refira-se ainda que no passado dia 16 de Setembro, o Município de Portimão homenageou o Coronel com a atribuição da Medalha Municipal de Serviços Distintos, Grau Ouro, pela "relevante e distinta acção desenvolvida na área militar, pelas suas qualidades humanas e pela competência e capacidade no cumprimento de todas as missões". Foi ainda homenageado com a placa toponímica da "Rua Coronel Armando Maçanita", que se situa junto à entrada da Boavista.

Também o Núcleo de Lagoa da Liga dos Combatentes atribuiu a mais alta condecoração militar ao Coronel no passado dia 29 de Outubro.

Amanhã, depois das cerimónias fúnebres na Capela do Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Portimão, o cortejo segue até ao Cemitério Municipal local, onde o Coronel será sepultado no jazigo da família Maçanita.

 

© UTW online desde 30Mar2006

Traffic Rank

Portal do UTW: Criado e mantido por um grupo de Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar

Voltar ao Topo